A maior mostra de curta-metragem do Alto Tietê está com inscrições abertas a partir deste sábado, 1º de fevereiro, e segue até o dia 31 de março. O projeto cultural teve início em 2017 e virou um sucesso na região, com mais de 1 mil inscrições nas últimas três edições. A expectativa para este ano não é diferente. O festival e as premiações estão previstas para acontecerem entre os dias 17 e 20 de junho.


Os interessados em participar devem produzir filmes de até 25 minutos com tema livre. O gênero cinematográfico ficará a critério do participante. No entanto, as avaliações serão divididas em quatro categorias e um total de 12 prêmios Curta Suzano.

"O Curta Suzano chega à quarta edição refinando ainda mais o trabalho e dando oportunidade aos novos talentos que se agregam à organização e nos permite pensar numa mostra mais aprimorada com a criação de novas categorias na premiação, fazendo com que os filmes sejam avaliados com mais critérios”, contou um dos organizadores da mostra, Escobar Franelas.

Embora o tema seja livre, é importante lembrar que filmes institucionais ou com discurso de ódio, preconceito de raça, gênero, religião e classe serão desclassificados.

A primeira categoria é a Mostra Competitiva do Alto Tietê, que avaliará os curtas dos produtores da região (Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano).

A Categoria Panorama Estudantil do Alto Tietê vai dar a oportunidade para os filmes produzidos por estudantes que cursam até o Ensino Médio em escolas públicas e privadas da região.

O projeto cultural também ampliou suas premiações além do regional e, pela primeira vez, irá premiar as produções concorrentes do país todo, dentro do Panorama Brasil. Nesta categoria, o Júri Oficial irá contemplar o Melhor Filme, que receberá o Prêmio Curta Suzano, assim como o público das sessões poderá contribuir, participando da votação do Melhor Filme – Escolha do Público.

A última categoria é a Panorama Mundo, que não é competitiva, mas terá curtas de todos os gêneros, produzidos e realizados fora do Brasil, durante o festival da mostra.

O projeto está crescendo e, nesta edição, serão 12 premiações com novidades. A categoria Melhor Fotografia, Melhor Som e Melhor Interpretação Coadjuvante serão inéditas no Curta Suzano.

Os prêmios Curta Suzano também serão distribuídos para as categorias de Melhor Filme- Escolha do Público; Melhor Roteiro; Melhor Direção; Melhor Montagem (edição); Melhor Interpretação Principal; Melhor Filme – Escolha do Público; Melhor Filme – Categoria Estudantil 1;  Melhor Filme – Categoria Estudantil 2;  Melhor Filme – Categoria Estudantil 3.

Várias ações acontecem antes, durante e até depois do evento, como oficinas, exibições off-mostra, palestras e rodas de conversa. As premiações serão anunciadas na cerimônia de encerramento, no dia 20 de junho, no Cine-Teatro Wilma Bentivegna, onde estará concentrada a maioria das exibições, que também ocorrerão em outros locais da cidade. 

Todas as informações estão disponíveis no site do evento: https://www.curtasuzano.com.br/.


259 visualizações0 comentário

A primeira edição do curtaSUZANO - Mostra do Curta-metragem do Alto Tietê foi isso: mais de 25 horas de exibição de 46 filmes do mundo todo, sendo 21 de algumas das cidades que fazem parte do Alto Tietê, 4 dias de evento em 4 espaços exibitivos diferentes, 2 rodas de debate (sobre a produção audiovisual na região do Alto Tietê e sobre o protagonismo das mulheres no audiovisual) e um público em torno de 300 pessoas.


Organizado pela produtora Ateliê de Imagens e o coletivo Lentes Periféricas, com o patrocínio da Fernet Filmes, British Academy e Planeta Perfume e apoio da Secretaria de Cultura da prefeitura de Suzano, o festival aconteceu entre 9 e 12 de novembro. O curtaSUZANO foi composto por três mostras: Alto Tietê (competitiva), Panorama Brasil (com as produções nacionais) e Panorama Latino-Americano e Mundo (com produções do exterior), nas quais foram inscritos 237 filmes de até 25 minutos.


As estatuetas que premiaram as diversas categorias (melhor filme, direção, montagem, atriz, ator, roteiro e melhor filme pela escolha do público) foram confeccionadas pelo escultor Euflávio Góis, de São Miguel Paulista. Profissionais ligados à produção audiovisual da região formaram o corpo de jurados (Taciano Holanda, Jeanne Sousa, Pedro Gandolla e Jota Cine), contribuindo para o clima de cooperação e ativismo que norteou a construção desta verdadeira festa do audiovisual em Suzano. Festa que se prolongará em 2018, já que a segunda edição já está assegurada.


RESULTADO FINAL - curtaSUZANO 2017
  • Melhor Filme: PARA(L)ELAS de Renata Moraes, Maitê Turetta e Fabíola Andrade (Guarulhos)

  • Melhor Filme (Júri Popular): OS OUTROS, de Rômulo Cabreira e Douglas Cordeiro ( Suzano)

  • Melhor Direção: ELDER FRAGA, "Ser ou não ser" (Mogi das Cruzes)

  • Melhor Atriz: MARINA AZZE, "Agora, se vira meu bem" (Guarulhos)

  • Melhor Ator: EDUARDO ROCHA, "Tudo que você ama lhe será arrebatado" de Leonardo Granado e Lucas Neves ( Mogi das Cruzes)

  • Melhor Roteiro: RÔMULO CABREIRA, "Os outros" (Suzano)

  • Melhor Montagem: ELISA ALEVA, "Agora, se vira meu bem" (Guarulhos)


Menções honrosas

  • SILÊNCIO, de Bianca Rêgo (Mogi das Cruzes)

  • CLAUSURA, de Mariana França e Gildo Antonio (Mogi das Cruzes)


49 visualizações0 comentário

Atualizado: 23 de jan. de 2020

Um sucesso de público que foi refletido na qualidade dos filmes premiados. Assim pode ser definida a terceira edição do Curta Suzano. A mostra exibiu 41 dos 156 curtas inscritos e premiou películas em dez categorias, incluindo uma mostra estudantil de filmes produzidos por estudantes da rede pública de ensino no Alto Tietê.

Nesta edição, dois filmes foram os destaques: “Zulmira”, que premiou Douglas Cordeiro com a melhor direção e ainda levou a estatueta de melhor filme do júri, e “Pinos Mágicos Atacam IV - A Vingança”, de Moisés Pantolfi, que foi premiado como melhor filme na escolha do júri.

Os responsáveis pelos filmes selecionados destacaram a importância do evento para fomentar o audiovisual e destacaram a pluralidade das películas apresentadas. “Foi uma honra. O evento contava com produtores de diversas partes do Alto Tietê então é um reconhecimento muito gratificante. Todo trabalho de pesquisa de imersão valeu a pena”, afirma o diretor do premiado “Zulmira”.

Uma das mentes por trás da organização do Curta Suzano, Escobar Franelas, destaca que os principais objetivos da mostra foram alcançados. “Foi um momento de democratizar, difundir a produção audiovisual do Alto Tietê e formar um público através do estímulo estudantil. Acredito que atingimos essa meta”, conta.

Apoiado pelo Ateliê de Imagens, o evento segue ao longo do ano com exibições periódicas dos filmes inscritos. “Toda a primeira quinta-feira dos próximos meses estaremos exibindo os filmes apresentados no Curta Suzano em um debate mais amplo que batizamos como ‘Curta Suzano na Tela”, explica o fotógrafo Carlos Magno.

Também, ao longo dos próximos meses, o festival realizará várias ações, como oficinas, rodas de conversas, exibições e palestras que abordam o universo audiovisual. Todos os premiados receberam uma estatueta confeccionada pelo escultor suzannense Erasmo Amorim, especialmente para a edição do evento.


Premiados
  • Melhor Filme: Júri Popular: “Zulmira”

  • Melhor Filme: Escolha do Júri: “Pinos Mágicos Atacam IV - A Vingança”

  • Melhor Direção: Douglas Cordeiro, em “Zulmira”

  • Melhor Roteiro: Nando Rodrigues, em "Clowns"

  • Melhor Montagem: Nando Rodrigues, em "Antes de Mais Um Dia”

  • Melhor Interpretação: Neide Xavier, em “Zulmira”

  • Menção Honrosa: “Palavras Deste Chão”

  • Mostra Competitiva Estudantil: “Edadeisna”, de Gabriella Rocha - EE Antonio Basilio Meneses Fonseca, Suzano



116 visualizações0 comentário